Novembro é mês de vacinar bovinos e bubalinos contra a febre aftosa

A segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa de 2017 no estado do Pará começa no dia 1º de novembro e vai até 30 de novembro. Nessa campanha devem ser vacinados todos os bovídeos (bovinos e bubalinos) do rebanho.
A Agrowilson possui a vacina Febrivac do laboratório Zoetis. A seguir fique por dentro de algumas dicas com relação a vacinação de seu rebanho.
A vacina nunca deve ser congelada. Deve ser mantida entre 2 e 8 graus Celsius, tanto no transporte como no armazenamento, usando uma caixa de isopor, com no mínimo dois terços de seu volume em gelo para que a vacina não perca sua eficácia.
Para realizar a vacinação deve ser escolhido o horário mais fresco do dia, classificando os animais por idade (era) e sexo, para evitar acidentes.
Usar seringas e agulhas novas e higienizadas, sem o uso de produtos químicos (nem álcool, nem cloro). O local da aplicação é no terço médio do pescoço (tábua do pescoço). Independente da idade, a dose é de 5 mL de vacina. As agulhas devem ser substituídas com frequência (a cada 10 animais), para evitar infecções e os frascos devem ser mantidos resfriados durante a operação.
A vacinação é obrigatória. Deixar de vacinar e de comunicar a vacinação sujeita o criador a multas.